08 março 2018

FEMINISMO | 5 coisas que eu aprendi com o movimento

Ilustração: Marquestalita
OI, AMORES! Hoje, 8 de março, é conhecido mundialmente como o Dia da Mulher, o dia em que nos recebem com rosas e bombons em todos os lugares, mas a verdade é que hoje (assim como todos os dias) não é apenas um dia pra se receber lembrancinhas, mas sim um dia pra pensarmos, refletirmos e acharmos um jeito de melhorar a situação das mulheres do mundo inteiro, afinal, não adianta nos dar flores hoje e amanhã nos jogar espinhos, entendem? O que me fez entender isso foram diversas pessoas à minha volta e, principalmente, um movimento que abriu os meus olhos pra muitas coisas: o feminismo. Eu comecei a entender melhor sobre isso lá em meados de 2014 e, desde então, sinto que tenho crescido muito como pessoa e, principalmente, como mulher. E claro, já que hoje é o nosso dia e tem tudo a ver, eu decidi mostrar aqui algumas coisinhas que aprendi - e sigo aprendendo - com o feminismo, vi esse estilo de post pela primeira vez lá no Quebrar O Silêncio e achei válido trazer pra cá. Bora lá?

Como eu disse, eu comecei a entrar de cabeça no mundo do feminismo lá em 2014, quando duas amigas minhas apresentaram um trabalho escolar sobre o assunto e eu lembro direitinho de mim pensando: "Cara, isso tudo faz muito sentido!". Essa também foi a época em que eu tava começando a aceitar o meu corpo porque em 2013 eu tinha desenvolvido um ódio muito grande pela minha magreza. O movimento teve, então, um papel muito grande na minha autoaceitação porque o rolê feminista preza muito pelo body positive e pelo amor próprio e isso foi muito importante pra eu entender que eu era linda do meu jeitinho. Pra falar a verdade, acho que essa foi a primeira lição que eu tive com o feminismo e de lá pra cá, foi só mais conhecimento!


Eu nunca fui uma pessoa que curte discutir e, na verdade, continuo não sendo. Mas com o tempo aprendi que problematizar é muito necessário pra gerar algum tipo de reflexão em cima de determinado assunto, sabe? E é claro que na internet da vida existem problematizações desnecessárias, mas isso não exclui o fato de que pensar nos problemas que nós temos e tentar buscar soluções pra eles é algo extremamente importante. Outra coisa que eu aprendi também é que problematizar não é, necessariamente, sinônimo de briga. Dá pra problematizar sem brigar, apenas tendo uma discussão saudável com quem tem opinião diferente da sua e tá com a mente aberta e disposta a receber outros pontos de vista. O importante mesmo é fazer todo mundo pensar.

Essas quatro palavrinhas aqui se relacionam e são muito importantes. Quando a gente vive na nossa bolha, nós acabamos não percebendo que o mundo é muito maior do que o nosso ciclo social e que existe uma coisa chamada contexto. Cada indivíduo vive em um contexto totalmente diferente do seu, passa por coisas totalmente diferentes, tem acesso a informações e oportunidades que podem ser diferentes das suas e por isso, é importante ter empatia pra tentar compreender minimamente a vida  e as escolhas do outro. Seguindo essa mesma linha de pensamento, quando estamos ali com o nosso ciclo social em que é todo mundo meio parecido, nós simplesmente esquecemos que o privilégio existe, e quando a gente se dá conta dessa existência e assume que em algumas coisas nós somos, sim, mais privilegiados do que outros, é muito mais fácil usar isso ao nosso favor pra ajudar quem não tem as mesmas oportunidades. Junto a isso tudo, nem precisa falar porquê o respeito é uma das palavras chave, né? Feminista ou não, respeito é uma palavrinha que tem que estar na vida de todo mundo.

É claro, isso é algo que todo mundo já sabe, mas quando se começa a trazer isso pra vida de verdade, é uma maravilha. A menina quer brincar de carrinho? Deixa ela! O garoto beijou um menino? E daí, gente. A garota tá comprando na seção masculina? Quem liga, mores. Nós somos pessoas autênticas com gostos diferentes e é isso que nos faz especiais. Nos colocar numa caixinha dizendo o que a gente pode ou não ser, usar e amar não faz sentido. Desde que não faça mal pra você nem pra ninguém, não tem porquê se importar com o jeito que os outros levam a vida, entendem? Eu sou dona de mim, você é dona de si, nós somos donos dos nossos corpos e é isso aí.


Deixei por último pra fechar com chave de ouro, né não? O feminismo me fez abrir os olhos e perceber que, sim, nós realmente somos criadas pra ver a coleguinha como rival e isso é visível em várias situações. Somos ensinadas a nos odiar por tudo, a querer ser a mais gostosa, a mais popular, a mais bonita. Botaram na nossa cabeça que ter amigos do sexo masculino é muito mais cool do que ter amigas mulheres porque "mulheres são falsas". E ó, pega algum filme clichê aí e me diz: o plot envolve competição feminina? Eu duvido que a resposta seja não. E quer saber? Isso não é ok! Eu aprendi que rivalidade feminina não vai nos levar a lugar nenhum e que daora mesmo é se unir. Então valorize as suas amizades femininas, valorize as mulheres à sua volta porque nós merecemos! Seja, principalmente, uma mulher que levanta outras mulheres.


E cabô! Compartilhem aí embaixo as coisas que vocês também aprendem diariamente com grupos/movimentos sociais, eu vou adorar ler tudo e aprender também. E um feliz dia da mulher pra todas nós, que o nosso presente seja, hoje e sempre, muito respeito!

VEJA MAIS:

Me acompanhe também nas redes sociais:

128 comentários

  1. Gabs, que post ótimo! Concordo com você!
    E sem dúvida, podemos ser e usarmos o que quisermos!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Amei o post e pude aprender tudo isso quando deixei meus preconceitos de lado e entendi o que realmente era o feminismo.
    Acho que o principal é enxergar as outras mulheres como uma amiga e não rival
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente demora pra engatar no feminismo, mas quando engata é a coisa mais linda, né? haha

      Excluir
  3. Gabs, eu posso dizer que tudo que tu aprendeu eu também aprendi, e não somente com o feminismo, mas com a vida em si. Sempre me amei, mas de uns tempos para cá eu aprendi a amar cada detalhe e não querer mudar isso, pois sou linda do meu jeito, com minhas peculiaridades. Sobre contextos e empatia é algo que tenho tentado focar mais que tudo, o respeito preciso nem dizer né?

    Beijos,
    Blog Gaby Dahmer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Gaby! Muitos desses aprendizados nem foram o feminismo em si, mas sim coisas que aprendi em ambientes feministas, com pessoas do movimento ou só porque o feminismo me fez abrir mais ainda a cabeça mesmo, sabe? No fim, a base de tudo foi esse movimento lindo <3

      Excluir
  4. Eu amo textos na temática e creio que ajuda muitas pessoas que precisam de um conhecimento e um conceito REAL sobre o feminismo, amo o movimento e sempre o-apoiei da maneira que pude, quero levar ao blog algum dia, não sei como. Amei a postageme espero que não só as mulheres, mas também os homens sejam a favor do movimento feminista para podermos ter uma sociedade mais igualitária. Fico extremamente triste quando vejo que, sei mais sobre o movimento do que uma mulher, o que não foi o seu caso, estou imensamente feliz, mas há muitas que ainda não tem nem um conceito sobre.

    Parabéns Gabs,
    Beijos do Deivy!
    www.blogdodeivy.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Deivy, que amor! Tem muita gente que não entendo o que é feminismo mesmo, só nos resta espalhar a mensagem e torcer pra que as pessoas escutem, né? E ó, é muito importante ter homens que apoiem o movimento também, afinal quanto mais gente, melhor! Então obrigada <3

      Excluir
  5. Gostei muito do texto princesa!
    Cada um é do jeito que é. :)

    Beijinho <3
    www.trendsandfashionblog.pt

    ResponderExcluir
  6. Com certeza nós mulheres temos o poder, temos que saber usar mais a nosso favor.
    Precisamos que o mundo nos respeito e nos valorize cada vez mais.
    Feliz Dia Internacional das Mulheres!

    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Gabs
    Eu achei super interessante o você disse, e também esses pontos que você citou que é mais ou menos o que o feminismo tenta mostrar, pois é tão difícil para um machista entender que o feminismo é necessário SIM, e não, nós não fazemos mimimi. E eu penso que nós mulheres já conseguimos um avanço tão grande, mas ainda não é suficiente sabe, eu ainda espero estar viva quando as mulheres conseguirem sem quem são sem medo. Amei demais seu texto, vou tirar print de tudo rsrsrs!
    Parabéns pela postagem, beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mimimi é o pior argumento do século, Deus me dibre hahaha e sim, é bem complicado, mas aos poucos as pessoas tão abrindo a mente, isso me dá esperanças! <3

      Excluir
  8. Olá Gabs tudo bem???


    Adorei o post!!! Precismos lutar, unidas, para alcançar nosso objetivo!!!


    Beijinhos;
    Débora.
    https://derbymotta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos lutar muito mais ainda, mas vai valer a pena!

      Excluir
  9. Que sejamos livres para fazermos escolhas, e dia da Mulher é todo dia somos mulheres de fibra e que lutamos para conquistar!
    Beijossss
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa, adorei este post! Às vezes pensamos muito na negativa em relação às nossas acções ou até mesmo em relação a nós próprias, quando muitas vezes não estamos a fazer nada de errado, apenas deixamos que se metam e interfiram na nossa vida e nas nossas escolhas. Que as mulheres se unam cada vez mais!

    Beijinho querida,
    santiago | facebook | instagram

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabs,
    Então, eu não aderi ao movimento feminista por que existem algumas coisas dentro dele que eu não concordo. Porém, a muitos outros temas dos quais eu tenho a mesma opinião, exemplo disso, é que eu me identifiquei no seu post. Também tive um desenvolvimento de autoaceitação, e isso começou quando eu passei a entender o body positive, que é um movimento muitas vezes divulgado por feministas.
    Contexto. Privilégio. Empatia e Respeito, tô escrevendo isso aqui com os pés, por que com as mãos eu tô batendo palmas pra esse paragrafo.
    Amei seu post Gabs.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que legal que cê tem a mente aberta pra conseguir se identificar com algo mesmo sem concordar com tudo, Leslie! Por mais pessoas assim <3

      Excluir
  12. Oii, tudo bem?
    Se eu amei esse texto sim ou claro? tantas verdades você escreveu, que mesmo quem não adere ao movimento super se identifica. Temos que sempre ficar unidas <3
    Beijos

    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu amei o texto e concordo com inúmeras coisas que você colocou em cada tópico, mas principalmente sobre termos que nos apoiar. Acredito que quando me tornei feminista, esse foi o ponto que mais me conquistou e cativou: a sororidade. Por isso, não importa onde eu esteja ou o que esteja fazendo/falando, se eu ver que uma mulher precisa da minha ajuda, estarei pronta para apoiar. Sem essa besteira de que mulheres têm que competir e se anular (ridículo isso), a gente tem é que se amar (próprio e as outras) para que toda essa ideia errônea venha a baixo.

    xoxo
    www.foradocontexto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sororidade é a coisa mais linda, né? Ta aí outra palavrinha que devia ter no tópico 4!

      Excluir
  14. Achei o teu post muito motivador! O feminismo é um movimento da maior importância porque enquanto as mulheres tiverem salários mais baixos, tiverem medo de ser atacadas na rua, forem vendidas como escravas (entre tantas outras coisas degradantes) a desigualdade persiste. Como tal, é preciso lutar e mantermo-nos unidas, sim! :)
    Beijinho

    missdeblogger.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  15. Concordo muito com tudo o que disse!! Se nos unirmos, não tem pra ninguém!! Espero um dia poder ver mulheres se ajudando mutuamente, e não mais competindo e se comparando!! Segue a luta!

    Bjukas!
    Unhas&Tudo ♥

    ResponderExcluir
  16. Olá querida!
    Gostei muito do post, Feliz dia da mulher atrasado <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  17. #juntassomosmaisfortes adorei o post! Feliz dia da mulher pra ti bjoss

    https://lehblogg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oii Gabs, que post maravilhoso.
    Eu fico bastante chateada no dia 08 de março já tem uns dois anos, pois tantas mulheres lutaram e morreram para que esse dia fosse "comemorado" com flores e chocolates, sendo que nos outros dias a violência contra as mulheres, a falta de respeito e a desvalorização são nítidos.

    Um dia que deveria ser de mais luta, conscientização e problematização é usado para celebrar padrões dos quais tentamos fugir, e eu fico extremamente triste.

    Por outro lado, fico feliz em ver algumas mulheres compartilhando e pregando o sentido real desse dia.

    http://larydilua.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Mas eu tenho visto várias mulheres se dando conta disso e do verdadeiro significado desse dia, sabe? Isso me deixa bem feliz, aliás, tava na hora, né? hahah

      Excluir
  19. Oi, Gabs.
    No dia da mulher geralmente a gente vê algumas notícias que são desanimadoras porque tem muito assédio, muita discriminação, muita violência e morte...
    Enfim, muita coisa ruim, que infelizmente tá longe de acabar.
    Aí vejo seu texto e percebo que existem muitas coisas boas também e que só a união faz a força.
    Belo texto.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Diego! Tá muito longe de o Dia da Mulher ser algo pra ser "comemorado", infelizmente

      Excluir
  20. Oi, Gabs! Concordo em tudo! Acho que quanto mais consciência, mais representatividade e mais amor! Que possamos compreender o quanto somos importantes nesse processo! ;)

    beijos!!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Gabs!
    A minha vontade é de enfiar você e esse post num potinho pra ficar observando pra sempre. Confesso que não sou a maior feminista
    do mundo, (por falta de conhecimento mesmo), mas tenho me interessado cada vez mais e amo tudo o que você escreveu aqui.
    Recentemente tive uma palestra na faculdade que contou com um teatro simplesmente maravilhoso. Comprei um brochezinho e dei uma pequena
    quantia de dindin pra ajudar aquelas mulheres maravilhosas.
    Meus parabéns pela sua jornada nessa maravilha de movimento. Você, e todas nós, somos incríveis!
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAAAAAA SUA LINDA! Não tem essa de alguém ser mais feminista que outra não, é aos poucos que a gente vai ganhando informação, afinal ninguém nasce desconstruído, né? Ahhhhh, mulheres ajudando mulheres <3

      Excluir
  22. MARAVILHOSO Gabriela! O feminismo só tem vantagens, não consigo pensar em nenhum aspecto negativo num mundo feminista! \o/

    ResponderExcluir
  23. Adorei sua postagem. Eu fico extremamente feliz com essa reflexividade que nossa sociedade está, finalmente, começando a ter. Temos que problematizar sim. O movimento do feminismo merece destaque, porque todo e qualquer direito é resultado de uma construção social. E é preciso debate pra isso! ♥.

    www.acessopermitido.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Elcimar! Ao mesmo tempo que a gente tá dando uns passos pra trás, tô vendo a juventude dando muuuuitos passos pra frente e isso anima, né?

      Excluir
  24. Espero que tenha tido um excelente dia da mulher! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  25. Eu comecei a conhecer o feminismo em 2013, fui me identificar mais com a causa em 2014, e em 2015 embarquei de vez nesse mundo. Foi um processo lento e gradual, e eu sinto que aprendi TANTO nesses últimos anos por causa do movimento. Mas ainda tem muito chão pela frente, e eu sei que tenho que entender as vivências de outras mulheres, que possuem contextos e vidas diferentes da minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ouvi falar pela primeira vez em 2013 também, mas explicadinho mesmo foi em 2014, aí sim rolou a identificação haha. A gente aprende e cresce tanto, né?

      Excluir
  26. Oi Gabs!
    Que post maravilhoso!!!
    Eu também demorei para me aceitar, hoje ainda não estou 100% satisfeita, mas o feminismo me ajudou muito nesse processo.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ninguém tá o tempo todo 100%, né? Mas o importante é não deixar isso mexer com nossa saúde física e mental.

      Excluir
  27. Adorámos o post! Estão aqui umas grandes verdades!
    Nós mulheres somos uma raça do melhor que existe!

    Beijinhos ❤️
    I. e A.
    https://nevertoolatetoturnback.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  28. Olá, Gabs.
    Arrasou na postagem. Eu mudei de vida quando descobri que podia ser e usar o que eu quisesse sem precisar me preocupar com a opinião dos outros. Mas acho que ainda falta muito no ultimo ponto, o de sermos unidas. Infelizmente as mulheres vem as outras como adversárias e não como apoio.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão bom quando a gente se sente livre, né? Não tem coisa melhor! E com certeza ainda falta, mas de pouquinho em pouquinho, a gente chega lá.

      Excluir
  29. Adorei o teu post, diz tudo sobre o feminismo algo que, felizmente, conta com cada vez mais apoio! :)
    www.styledays.pt

    ResponderExcluir
  30. Oi Gabs!
    Como está?
    Um dos melhores textos do dia da mulher que li, certamente!
    Se aceitar e se gostar é muito importante, eu também já passei por isso!
    Feliz dia para nós♥
    Beijos!
    https://edarosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Concordo com tudo! Não podemos deixar de acreditar e aceitar que somos importantes neste mundo!
    Feliz dia da mulher!
    Beijinhos
    https://moonlightfelicitydestin.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  32. Vocês querem post mais maravilhoso de uma rainha feminista? ENTÃO TOMA!
    Amiga, falou tudo e arrasou, sinceramente? O feminismo muda nossa vida pra melhor de um jeito absurdo, em MUITOS aspectos, e me orgulho muito disso <3
    Juntas somos mais fortes simmmm!

    Um beijo grandão,
    https://vishamiga.blogspot.com.br <3

    ResponderExcluir
  33. Oi Gabs! Tudo bom?
    Ótimas reflexões e aprendizados a respeito desse dia...
    ...se todos pensassem como nós, certeza que o mundo não estaria nessa situação.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  34. Oi Gabs, que post! Concordo com todos esses aprendizados que foram mencionados durante seu texto, principalmente na parte em que mulheres são melhores unidas, a rivalidade não vai nos levar a lugar algum. Parabéns pelo post e por ser uma mulher incrível!

    bjs

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  35. Olá adorei o post obrigada pela sua visita....bjsssss

    http://cantaalegremente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  36. Olá Gabi tudo bem?
    Desde a última vez que passei no teu blog que gostei e desta decidi seguir-te, sou a seguidora 762, gostarias de retribuir o favor? :D
    Dá-me uma resposta para o meu blog querida. <3

    beijinho
    www.trendsandfashionblog.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aw, que bom que gostou do meu cantinho, Cidália! Passo no seu sim <3

      Excluir
  37. Eu aprendi tanto com o feminismo, sou tão grata a esse movimento, acho que o principal que aprendi foi aceitar meu corpo do jeito que ele, por mais que as vezes eu tenha aquela recaída né? Mas já melhorei muito nesse aspecto, e também a questão da rivalidade entre as mulheres, hoje eu vejo o quanto isso é desnecessário. Infelizmente eu vejo algumas mulheres dentro do movimento se desvirtuado e pregando discursos de ódio principalmente contra homens, acho que o caminho não é bem por ai, mas a maior parte do movimento é linda sim <3

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse também foi, sem dúvida, o meu primeiro aprendizado e o que me fez mergulhar de cabeça no feminismo porque eu senti o quanto ele era poderoso, sabe? E o caminho não é por aí mesmo, acho que quanto mais de nós lutando pela nossa causa e homens apoiando o movimento, melhor pra nossa luta, né?

      Excluir
  38. Such a nicely written post. I'm following you now and I hope that we can be really great blog friends.
    ❤️
    https://ccaammblog.blogspot.ba/

    ResponderExcluir
  39. Confesso que não sou tão feminista assim quando comparada a certas mulheres, mas sei me dar o devido valor e a saber identificar certas situações erradas e brigar para que aquilo se torne certo.
    Eu adorei seu post, ficou realmente muito bom!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem essa de menos ou mais feminista, Juju! Estamos todas em processo de evolução, viu? <3

      Excluir
  40. É totalmente isto! O feminismo é um movimento lindo e é uma pena que seja tão mal compreendido nos dias de hoje... mas não importa, porque enquanto houver gente a pensar assim, com empatia, respeito e vontade de contribuir para um mundo melhor, valerá sempre a pena :) Obrigada pela partilha!

    ResponderExcluir
  41. AMEI o post Gabs! Concordo com cada vírgula, principalmente com o último tópico... Já vi tanta competição entre mulher, tanto mimimi... É muito bom quando começamos a perceber que somos melhores unidas! Somos lindas, maravilhosas, podemos tudo, somos mulheres, guerreiras e muito mais! AMEI! Beijokas ;)

    ResponderExcluir
  42. Ai que delícia de texto, tenho aprendido um pouco mais sobre isso e uma das coisas que precisamos entender logo é que somos mais fortes unidas mesmo. Empatia sempre ♥.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  43. Ai Gabs, que post mais lindo! <3
    Todos os itens que você citou passaram a fazer parte da minha vida também quando aprendi mais sobre feminismo. Desconstruí muitos conceitos e isso me fez evoluir muito como pessoa e como mulher!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  44. Olá Gabriela! Achei muito interessante o texto. Beijo!

    ResponderExcluir
  45. Somos mulheres, temos os mesmo direitos.
    Tudo o que aprendeste é uma lição!

    Beijinhos,
    Melissa Sousa
    ARRASA NO BAILE DE FINALISTAS COM A PROMSHOPAU

    ResponderExcluir
  46. Amei!
    Aprendi as mesmas coisas com o feminismo, e me sinto orgulhosa disso...evoluída hahaha
    Ainda no começo tinha aquela aversão, sem conhecer o assunto, mas nada como ler e tirar nossas próprias conclusões!
    beijos

    Blog Lua Soares | Instagram Me segue lá <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece, né? A gente sempre teme o diferente, mas depois que aprende sobre e começa a entender o que é de verdade... é só amor! <3

      Excluir
  47. Achei válido tudo o que disse.
    Feliz dia das mulheres!
    Boa semana.

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  48. Você sempre trata desse assunto de um jeito que eu gosto muito.
    Com toda certeza temos que nos aceitar como somos e nos unir, eu acho que nunca olhei as outras mulheres como rivais mas sei que existe muito disso e devemos melhorar isso a cada dia.
    Feliz dia da mulher!

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Sem duvida nenhuma , concordo com tudo nessa reflexão .Com um ênfase maior na força que nós temos se nos unirmos.

    Feliz dia da mulher atrasado para ti,linda!

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  50. Post liiiindo <3
    Eu só leio verdades nesse post porque compartilho desses sentimentos <3
    Beijos,

    lesjoursdemarcela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  51. Que publicação tão importante! Que tema tão importante!

    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderExcluir
  52. Oi Gabi,
    Que postagem linda e amei os tópicos que você explorou.
    Em questão desse último, anda atingindo nas minhas leituras, com certas situações, e acaba gerando ranço.
    E empatia é algo que anda faltando bastante hoje em dia, principalmente nas redes, onde noto que a galera prefere julgar mais do que elogiar. Que a mudança comece em nós mesmo, porque não há outro jeito.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAA sim! Tem muita rivalidade nas obras que a gente acompanha e isso é triste demais. E nossa, sim! Hoje mesmo tava comentando com uma amiga sobre isso... tem uma porcentagem das pessoas que utilizam a internet que são mega tóxicas, né? É uma pena!

      Excluir
  53. Beijinho a todas as mulheres. Ontem, hoje, amanhã e sempre, feliz dia!

    Olhar d'Ouro - bLoG
    Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

    ResponderExcluir
  54. Que postagem linda Gaby...realmente, somos lindas do nosso jeito!

    Dani Ramos
    https://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  55. Linda postagem!
    Dá sim problematizar sem brigar. Acredito nisso!
    Se unir é a palavra chave. Pena que muitas ainda não entenderam isso né.
    Adorei o espaço!
    Seguindo.
    Passa lá no blog depois! Tem postagem nova. Se gostar do espaço, ficarei feliz em tê-la como seguidora.
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  56. O feminismo foi uma das melhores coisas que aconteceram e estão acontecendo, nos torna mulheres mais fortes e determinadas. Aprendi e continua aprendendo muita coisa como você. E uma das coisas que me admira muito é ver como as mulheres estão unidas, e como isso nos torna mais fortes.

    http://www.teoremademahlli.com.br

    ResponderExcluir
  57. Que post mais lindo, socorro! Amo, amo quando falam sobre o feminismo e por aqui não foi diferente. <3
    O feminismo também me ajudou muito na minha aceitação, tinha problema com o meu corpo, meu cabelo... E nossa, o feminismo e muitas mulheres me ajudaram nesse quesito. E sim! Juntas somos bem mais fortes. Sempre tive e ainda tenho mais amigas mulheres, hahaha não somos rivais, somos irmãs! Ah, nosso corpo, nossas regras. <3 Ótimo post, Gabs!! <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua linda! Muito obrigada pelos teus posts sobre feminismo, minha inspiração e vontade de trazer esse assunto pra cá foi incentivada em grande parte pelo teu blog <3

      Excluir
  58. Ahh que post foda! Eu estava pensando em coisas que eu aprendi com o feminismo esses dias e bate com tudo isso que li aqui. Feliz dia das mulheres atrasado.

    ResponderExcluir
  59. Olá Gabs.
    Que post maravilhoso!!! A cada dia tento aprender um pouco mais com o feminismo e seu post sem dúvida me ajudou nesse processo de aprendizado. Muito obrigada <3
    Algo que estou me empenhando muito é em me aceitar do jeito que eu sou, e esse movimento do Body Positive está sendo uma "libertação", sabe?! AMO!!!
    Beijinhos, obrigada, parabéns pelo post e feliz dia (atrasado), mês, ano, VIDA da mulher!
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! Muito obrigada, e pra ti também, que todos os dias sejam nossos <3

      Excluir
  60. O feminismo me trouxe muito autoconhecimento e autoestima. Sororidade ainda é mito no meu ponto de vista porque continuo achando que as mulheres são muito competitivas...
    A humanidade tem muito que evoluir e a igualdade de gêneros já é um começo!
    Adorei o post, Gabs!

    A Bela, não a Fera | A Bela, não a Fera no Youtube | Tem sorteio de 4 anos do blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sororidade é complicada porque a competição é algo que tá enraizada na gente de um certo jeito, né? Mas conversar sobre isso já é um começo, daqui a pouco a gente consegue!

      Excluir
  61. Nós mulheres somos mais fortes do que aquilo que nós mesmas acreditamos e não nos podemos deixar ir a baixo!
    Por acaso escrevi hoje mesmo um post sobre o dia da mulher em Portugal e em como não é valorizado.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, a gente nem sabe a força que tem, né? Mas isso tá mudando!

      Excluir
  62. Muito bom, Gabs!
    O feminismo faz parte do meu processo de autoconhecimento. De me reconhecer mulher, mas não aquela dita pelo sociedade machista como o sexo frágil, mas sim uma mulher potente que pode ser e fazer o q quiser.
    Bjão
    www.jeniffergeraldine.com

    ResponderExcluir
  63. Só pra frisar um pouco mais, devemos "SER" quem quisermos ser SIM e sempre ir em busca dos nossos sonhos. Adorei esse post em especial do dia da mulher e todas as reflexões que ele deixou, beijo lindona, todo o sucesso! :* www.blogdoce18.com

    ResponderExcluir
  64. Oi Gabs
    Eu tinha muitas características feministas antes mesmo de saber o que era o feminismo. Eu nunca entendi porque as pessoas fazem questão de tentar sempre colocar as mulheres umas contra as outras.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo